quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Afinal ontem saí do meu trabalho e entrei ao serviço noutro

Tal como tinha previsto, realmente ontem o dia, ou melhor, o final do dia e o serão foram mesmo em versão dona de casa e eu às tantas começo a stressar porque não gosto de dias em que me sinto sobrecarregada e em que calha ter que fazer uma série de coisas, e várias ao mesmo tempo ainda por cima.
Como se não bastasse passar o dia a correr e a stressar no trabalho, depois de sair e de ir buscar o filhote à creche, entrei ao serviço noutro trabalho que é como quem diz, cheguei a casa e equipei-me com o avental... Fiz sopa, estreei a dita varinha mágica depois de ter preparado todos os legumes, fiz arroz, fiz uns hamburgueres deliciosos com queijo e natas (light), pus a mesa, fiz salada, fiz a minha sandes para o almoço de hoje, preparei a roupa do filhote para hoje e finalmente fui tomar um banho enquanto o meu filho ficou 'hipnotizado' a ver desenhos animados.
Como digo, detesto dias em que as coisas para fazer se amontoam e, ainda por cima, inesperadamente, quando o pai tem que vir muito mais tarde de Lisboa, do trabalho, o que implica estar sozinha a tratar de tudo.
Depois de tudo feito e banho tomado fomos jantar. O pai entretanto chegou e tratou da louça mas quando estávamos despachados desatei a passar a ferro a pilha de roupa amontoada desde o fim-de-semana pois em dias de Ano Novo e de aniversário do maridão não me apeteceu ser "escrava". Ora toma lá que é para aprenderes. Amontou-se tudo e nem consegui despachar a roupa toda e muito menos deu para ir caminhar.
Estas coisas cansam-me e enervam-me. É nestes momentos que me sinto só e desamparada mesmo sabendo que a vida é assim, sempre a correr... Suponho que estava mal habituada com a minha mãe sempre "por trás" a amparar-me nestas pequenas grandes coisas... Mas agora também já lá vão 15 meses desde que não tenho ajudas a nada e não morri nem enlouqueci, até emagreci e acho que me 'fortaleci'...
Isto também me faz pensar que o melhor que tenho a fazer é arranjar ajuda nem que seja só para passar a ferro...

1 comentário:

mamã da princesa disse...

Sei do que falas... pois apesar de morar "ao lado" da minha mãe e de ela insistir em me passar a ferro, com o tempo convenci-a que era tarefa minha e de á uns meses (anos) para cá assim é. Faço tudo sozinha em casa, sem a sua ajuda, mas há uma senhora que me vai dar uma maozinha na limpeza 1/2 dia por semana e dá mesmo muito jeito!
Fico só com a roupa e a comida e a casa só se for para dar mais um jeitinho, porque de resto tá feito... e sabe muito bem... mesmo assim a roupa e a comida sabe Deus!
Divido a dita senhora com a minha mãe, manhã na casa dela e tarde na minha! E quando ela não pode ir só eu sei o que me "esfalfo"! Espero que a possa deixar continuar, porque chego a sentir-me "escrava"!
Por isso entendo-te muito bem e se conseguires uma ajudinha de uma senhora melhor para ti!

Beijinhos grandes