segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O peso certo

Gostava que de todas as vezes em que subisse para cima da balança ela marcasse o que marcava hoje, nem mais nem menos. Hoje marcou o peso certo, o peso ideal que estipulei e onde me propus chegar sem uma grama a mais ou uma grama a menos e isso deixou-me satisfeita.
É que tenho a noção de que tenho abusado na alimentação ainda que me regre na mesma. No entanto, tenho prevaricado ao comer pedaços pequenos de pão branco, pedaços pequenos de queijo antes ou depois das refeições, tenho comido mais às refeições e, pior ainda, tenho comido doces e chocolates... Até pensei que já tinha engordado 1 ou 2 quilos mas vá lá que não. Também não páro um segundo seja em casa ou no trabalho e depois ainda faço exercicío. Ontem realmente não me estava a apetecer ir correr mas ainda bem que fui, é a minha terapia e já não consigo (sobre)viver sem me mexer porque gosto do meu corpo magro ainda que sempre semi 'composto' na anca e no rabo mas isso faz parte de mim e não posso eliminar esta característica do meu corpo.
Era bom que na vida tudo fosse assim, como a determinação e o objectivo em perder peso. É difícil e custa imenso começar, no meu caso diria que demorou dez anos até me determinar a emagrecer, mas depois de começarmos acontece o inverso. Custa parar de emagrecer e parece que não há "descanso" até atingirmos o peso que queremos. Depois vem a "ressaca" que é não termos também descanso para manter o peso que se alcançou mas aí o exercicío já corre nas veias e é difícil deixar de o fazer...

2 comentários:

SC disse...

Vais ver que agora vais manter sempre... já criaste hábitos e isso é o mais importante.

Jokas e parabéns pelo valor certo.

Luísa disse...

O peso exacto, que maravilha!
Tal como disse a SC agora que já criaste hábitos é muito mais fácil mantê-los.
Beijo grande com muita saudadinha :-D