quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A espera da nossa cadela

Os animais realmente são mesmo os nossos fiéis amigos, sem exigências, sem traições ou 'conspirações', sem esperar nada em troca a não ser afecto e, pronto, vá lá, água limpa e alimentação.
Quando chegamos de carro já a nossa cadela está à nossa espera, quase histérica, a abanar o rabo, com as orelhas baixas, não pára quieta e a agitação é tanta que até abana a cabeça de tão contente que está por nos ver.
Ontem cheguei mais tarde do trabalho e como tal cheguei sozinha porque o pai já tinha ido buscar o filhote à Creche.
Saí do carro, fiz-lhe uma festa e ausentei-me para ir tomar um café onde pai e filho já esperavam por mim. Eu cá sou assim, sabe-me bem um cafezinho antes do jantar, antes de "pegar ao serviço (doméstico)" depois de ter saído doutro.
Conforme começo a andar pela rua, rumo ao café, começo a ouvir uivos... Já nos tinham dito que durante o dia a cadela chorava mas ontem foi deveras demonstrativo. À medida que me afastava os uivos e um barulho que parecia de choro alastravam rua fora, quase em eco, e de forma desmedida.
Chegada ao encontro dos meus amores o uivo ouvia-se e era contínuo.
Realmente só um cão pode gostar tanto assim de nós. A cadela ficou sentida por eu ter chegado e me ter ido embora, por estar sozinha em casa.
E quando chegámos nem sabia o que fazer tal era o contentamento e os saltos para cima de nós e quando a olho nos olhos e lhe digo que ela é a cadela mais linda do mundo, o seu olhar é doce e terno, como se fosse uma pessoa, e parece agradecer e eu não sei como reneguei tantos anos em mim o facto de adorar cães.
Ah, já sei, entre outros factores, havia o facto de morarmos num apartamento...

1 comentário:

Cris disse...

Há animais que só lhes falta falar... e a tua cadela é uma delas, pelo que parece :-)

Eu também gosto muito de animais, cães em particular e adorava ter um... mas, infelizmente, vivo num apartamento e tenho para comigo que os animais precisam de espaço e ar puro e não ficar fechados o dia inteiro numa varanda ou lavandaria ou whatever...

beijocas.