sexta-feira, 25 de março de 2011

Estarei a ficar uma Lynette Scavo de correr pelo Oeste

Num destes dias ao ver um dos episódios das Donas de Casa Desesperadas - Temporada 7, identifiquei-me com uma pequena cena ainda que tenha apenas um filho, e não cinco como a Lynette Scavo... A filha de 11 anos tinha ficado a tomar conta da bebé, e levou-a para a escola (!), para a mãe poder ir correr porque ficava diferente mas diferente para melhor, não se irritava e ficava mais bem disposta...
E eu dei por mim a pensar que nos dias em que faço exercicío (mas do intenso como andar quase 40 kms de bicicleta ou correr quase o tempo todo) de facto fico muito mais bem disposta e 'pachorrenta'.
Ontem, por exemplo, consegui ir correr quando cheguei do trabalho e ontem corri realmente a maior parte do tempo, tendo imensas subidas à mistura e que bem que me soube ainda que tenha sido apenas durante 45 minutos. Cheguei a casa transpirada e com as pernas a doerem mas muito mais tranquila, tanto que adormeci 'estatelada' no sofá a olhar para a televisão às 22h30...

1 comentário:

Cris disse...

A inveja boa que eu tenho desses teus serões...

Beijocas.