quarta-feira, 30 de março de 2011

Se eu fosse uma pessoa dada a depressões...

Não é para me "gabar" porque a minha vida tem tido altos e baixos como a de toda a gente: nem sempre é fácil, nem sempre é difícil, nem sempre tenho vontade de rir, nem sempre tenho vontade de chorar mas a verdade é que nunca me foi diagnosticada uma depressão, nunca tomei anti depressivos por muito má que fosse a fase por que estava a passar.
Já passei por muitos "problemas" que pensando bem não foram assim tão graves porque felizmente saúde temos tido, à excepção da mãe do meu marido mas isso era outra "estória", e de resto a vida até não corre mal de todo.
Mas não faço do facto de nunca ter estado em plena depressão um brilharete e sei que um dia pode acontecer-me, aprendi que ninguém está a salvo de nada nesta vida, sejam alegrias ou tristezas. E isto tudo para dizer que até posso não entrar em depressões porque até aqui o lema tem sido "o que não me mata torna-me mais forte" mas realmente se eu fosse "disso" neste momento teria perdido todas as minhas forças porque... porque desilusões tenho tido muitas desde que me mudei para o Oeste que foram também uma espécie de "abre olhos" mas agora ter a decepção total de alguém de extrema confiança é que nunca me passou pela cabeça. Portanto, neste momento ou fico realmente uma super mulher, dura como o aço e sigo em frente tirando mais uma lição, ou então realmente será muito difícil voltar a confiar em alguém ao nível dos relacionamentos "básicos" e "normais"...
Como é que isto é possível...? Não sei... Só sei que me apetece ir correr 100 quilómetros, salvo seja, para deitar cá para fora esta "raiva" de tamanha desilusão!!!

2 comentários:

Cris disse...

Ainda anteontem comentava com o meu marido isso mesmo, por causa de um amigo comum que está neste momento a atravessar uma depressão.

Felizmente nós tb não somos dados a essas coisas e já passamos por umas boas coisas complicadas...

Há pessoas com o pensamento mais frágil, enfim... ninguém se pode rir, porque, como bem dizes, pode acontecer a qualquer um quando menos se espera.

As desilusões tornam-nos mais fortes, eu acho, depois do baque inicial, é claro :-(

Beijinhos.

mamã da princesa disse...

Oh amiga é desta que te vais tornar numa Super Mulher!!!!!

O meu tempo tb tem escasseado...
Deixo só um grande beijinho para ti!

Beijinhos muito grande