domingo, 17 de abril de 2011

O dia em que me tornei dadora de medula...

Foi hoje e é tão simples... Não é que não soubesse que era simples ser dador de medula mas nunca tinha "calhado" a poder ir a um sítio onde me tornasse dadora. Sempre tive isso em mente tal como ser dadora de sangue mas como quando faço análises começo logo a ficar com tonturas e por norma desmaio, os meus medos e ansiedades nunca me o permitiram ser. No entanto, hoje correu tudo bem, não senti nada, não fiquei com tonturas nem desmaiei, muito provavelmente, tal como me disse o Enfermeiro que fez a recolha de sangue, porque não estava em jejum.
Fomos os três e o filhote ficou muito atento a tudo enquanto eu e o pai tirávamos sangue, não houve dramas nem "filmes de terror" do género "ui-escondam-o-menino-que-não-pode-ver-seringas-e-o-sangue-a-sair". Encarámos tudo com normalidade. Preenchemos um questionário e tiraram-nos sangue, tão simples como isso e espero sinceramente um dia poder ajudar alguém ou, no caso, a menina para quem se fez esta recolha. Nem quero imaginar como será ter um filho doente...

- fotos retiradas -

2 comentários:

mamã da princesa disse...

Que belo diazinho!!!
Passado á beira mar, com direito a piquenique e tudo...
Isso é mesmo qualidade de vida...

Ser dadora de medula foi uma excelente escolha... eu também sou desde á muitos anos, mas infelizmente ainda não precisaram de mim...

Beijinhos grandes

Rachel disse...

É um gesto muito bonito.
Estas coisas passaram a ter outro significado para mim desde que fui mãe, e no ano seguinte à Sara ter nascido, no dia da Criança, eu tornei-me dadora de sangue, a 1.ª vez que dei começei a sentir uma quebra mas o enfermeiro pôs-me logo a cadeira elevada na parte dos pés e passou, nunca mais me senti mal, é mesmo importante comer-mos bem antes de dar sangue.

Dadora de medula fiquei quando foi a campanha da Marta, também tenho consciência que o facto da Empresa onde trabalho aderir a estas iniciativas torna mais fácil, pois não temos que nos deslocar a lado nenhum, os enfermeiros vão ao local de trabalho.

Parabéns pela tua iniciativa.
Bjs