terça-feira, 19 de abril de 2011

Se houvesse uma câmara de filmar...

Se houvesse uma câmara de filmar no meu trabalho era ver-me, qual "agarradinha", a ir frequentemente assaltar a travessa que está em "exposição" com ovinhos e amêndoas de vários tipos para quem cá vem...
Daqui a pouco as chefias perguntam se houve uma grande afluência de gente por as amêndoas estarem subtilmente a desaparecer.
Mas que coisa, pareço uma dependente com uma recaída. É por estas e por outras que ainda nem uma amêndoa minúscula comprei lá para casa e quem sofre são o pai e o filho mas é que a eles pouco importa comerem uma amêndoa ou cem amêndoas ultra calóricas porque não engordam uma grama. Já eu... é o que se sabe! Ainda por cima está de chuva o que não permite ir correr ou andar e consequentemente gastar calorias.
Imagino que daqui a pouco entrem pela porta do meu local de trabalho, em grande estilo, os inspectores das calorias com um ecrã na mão para visualizar o meu crime do assalto às amêndoas em exposição devidamente filmado por uma câmara escondida...

2 comentários:

mamã da princesa disse...

Gulosa;)
Também sofro desse mal...
Em casa até tento nem me lembrar de lá ir "picar"... se como uma é uma desgraça!

Beijinhos grandes

Elsa disse...

uuuui isso é mau lol!!!
eu tive um prato cheio de mini pasteis de nata a tarde toda do serviço de domingo á minha frente e safei-me bem.... nem sei como... á noite doía-me a barriga de tanto esforço que tava a fazer para fugir aquele pratoooooo.... é que já tinha comido bolo de anos da minha mãe, não convinha mais doces lol