segunda-feira, 23 de maio de 2011

E não é que teve toda a razão...

Tudo a correr de manhã...
Saio disparada da Creche onde deixei o filhote que ficou bem mas antes de chegar ao trabalho ainda me dava jeito passar num multibanco e tomar o meu café da prache. Assim fiz mas já com pesos na consciência porque estava atrasada. No entanto, sei que preciso do ritual do café para começar bem o dia e estar bem disposta durante a manhã...
Estava já tão 'perturbada' que nem vi que no café estava alguém que conheço. Minutos depois cumprimentei essa pessoa e pedi desculpas pela minha distracção (genuína).
Conversa puxa conversa e pergunta-me se agora trabalhava no Oeste ao que respondi que sim, que desde que nos mudámos que estava por cá.
Diz-me entretanto que o meu ar era "pesado" ao que atribuí a causa de estar atrasada.
E eis que uma pessoa tão simples me diz algo tão verdadeiro. Que eu devia sorrir porque tinha as coisas encaminhadas e como queria e eu percebi o que queria dizer. Que era uma "sorte" ter tido a oportunidade de encontrar trabalho no Oeste. E eu sei que sim e por isso mesmo dou muito valor a esse aspecto da minha vida, porque também sei que há quem pense "olha esta agora, veio de Lisboa e conseguiu logo arranjar trabalho aqui". Pois eu sei que é raro e no meio de algumas contrariedades por que temos passado, e que por vezes ainda passamos, isto é realmente algo a que dou muito valor e que agradeço por o ter conseguido...
Portanto, vou sorrir ainda que por vezes não tenha vontade para tal...

1 comentário:

Cris disse...

Nem mais!!

Beijinhos.