terça-feira, 7 de junho de 2011

Não posso esquecer a imagem desta mãe...

Ontem a imagem da mãe do Rui Pedro marcou-me.
Há anos que 'acompanho' a estória do seu desaparecimento, como a maior parte das pessoas, pela televisão, pela internet, por aqui e por ali mas ontem... Ontem a mãe do Rui Pedro causou-me uma dor ainda maior porque de repente pareceu-me envelhecida e completamente abatida por tudo o que tem passado.
Nem imagino o que tem sentido e vivido com a incógnita de não saber se o filho está vivo ou se está morto.
A morte dum filho seria sempre dolorosa mas pelo menos haveriam certezas e o luto que poderia amenizar a dor.
A mãe do Rui Pedro parece estar a 'definhar' e mal conseguia falar na reportagem que fizeram em sua casa, na TVI, no quarto do filho desaparecido que mantém intacto até hoje...
Não sei porque acontecem estas coisas nas vidas das pessoas... Não imagino tão pouco a dor e a agonia constantes desta mulher.
E ao pensar nas minhas neuras e dúvidas existenciais, sei que são uma m**** quando vistas perto dos problemas realmente importantes e reais de quem sofre há 13 anos...

Imagem roubada daqui.

8 comentários:

Cris disse...

Completamente!

Nem é bom pensar... deve ser horrível viver nesta angústia há 13 anos!!

E deve ser uma revolta imensa ver que todo este tempo ninguém fez nada!! Foi preciso vir agora uma nova equipa para despoletar todo o caso?? Em questão de 2 ou 3 meses?? O que não fizeram em 13 anos?? É terrível esta inércia!

Beijo grande.

akombi disse...

é tal e qual como referes dá um nó no coração esta mãe....e nada se resolve, imagino um desfecho como o daquela rapariga desaparecida pelo gang do multibanco....Deus nos livre.....ainda há dias uma mãe brasileira ralhava com a auxiliar do portão da escola da minha mais nova, e gritava " você nem imagina uma criança pode desaparecer mesma na frente dos seu olhos e ai já não há nada a fazer, agora é que há a fazer ter o portão sempre fechado" isto pq há pais que vã buscar os filhos ao ATL e o deixao aberto e a funcioária nem sempe está ao portão.

PS: Ja viste o programa "i used to be fat" que dá no canal MTV, no meu é o 80....um programa que as érias de verão faz um programa de emagrecimento para um estante....tb gosto de um que retrata gravidez de adolescentes "teen mam"

Sofia disse...

Também vi e também me impressionou muito o seu ar abatido e magreza extrema... :(
Só podemos imaginar o que será viver um pesadelo destes...

Ana disse...

Realmente tens razão,não vi a reportagem mas tb tenho acompanhado de perto,a dor desta mãe...não sei como aguenta.
A sra tem cara de muito muito sofrimento.beijoca

Anónimo disse...

Mais do que envelhecida, a senhora está cadavérica e creio que pesa menos de 40 quilos, e sim, impressionou-me muito quando vi uma foto dele escarrapachada na primeira página do correio da manhã.

Carla Isabel disse...

Podes crer..deve ser uma agonia diária....

bjs

Algures no Oeste disse...

AKOMBI: Não conheço esse programa, tenho que "investigar".
Deixei de conseguir aceder ao teu blog novamente, será que me podes enviar outro convite?
Obrigada!
Beijinhos.

Isabel disse...

Também não vi a reportagem, mas esta foto realmente retrata a dor que esta mãe tem passado.

Nem consigo imaginar...

Um beijinho grande!