sábado, 16 de julho de 2011

Depois de trilhos e caminhos sinuosos... a paz...

Depois de um percurso no meio do mato com um piso muito irregular, cheio de terra, areia, raízes, plantas que arranham e tantas coisas mais, é deveras apaziguador chegar a uma praia num fim de tarde fresco e com muito vento.
Foi a ver esta paisagem que recuperámos energia para o regresso a casa. Ainda que estivesse semi "chateada" por ter os braços arranhados das plantas agrestes que me 'picaram' enquanto passava a pedalar e as pernas com mais umas quantas nódoas negras, ao respirar o ar da maresia de fim de dia recuperei e no regresso já nem dei por nada...
Quanto a dados 'factuais' sinto que vou melhorando os meus tempos e as minhas capacidades de cada vez que ando de bicicleta. Desta vez foram feitos, num percurso nada fácil, 32 quilómetros que demoraram 2h10 a ser percorridos...
Creio que estou mesmo a ficar viciada na bicicleta... Mas... como é um vício saudável, há que o "alimentar".

2 comentários:

Concinha da Mata disse...

Olá!
Estou a ver que tenho que arranjar uma bicicleta para te fazer companhia....

Algures no Oeste disse...

Concinha: bem vinda de volta :)
Acho que sim, andar de bicicleta faz muito bem ;)
Um beijinho.