sexta-feira, 8 de julho de 2011

Será o meu humor assim tão estranho...?

Às vezes pergunto-me se o meu sentido de humor é "esquisitóide" pois por vezes dou por mim a achar graça e a rir de coisas a que quase mais ninguém acha graça e não acho graça nenhuma a coisas em que as pessoas dão risos histéricos de alegria e de acharem piada.
Sou daquelas pessoas que não acha graça alguma a anedotas. Vá, batam-me, mas nunca achei piada a anedotas por muito bem contadas que fossem. Até fico com um ar de estranheza ao ver a histeria colectiva aquando do "contamento" de anedotas...
Vai daí que me pergunto se o meu humor será 'normal'.
Posto isto, gostaria de perguntar se não houve absolutamente ninguém mas ninguém que tivesse achado graça e quiçá esboçado um sorriso com este meu post sobre a descida íngreme de bicicleta com uma garrafinha de água de mão.
É que há tanta gente a ler este blog por dia e nem uma pessoa comentou, mesmo que em anónimo, a dizer que aquilo era o maior disparate do mundo ou que também se tinham rido a ler tal parvoíce.
Fartei-me de rir sozinha com isto e não sei se é egocentrismo ou se é uma tonteria da minha parte achar piada a estas coisas.
Vá lá, mesmo que não se queiram identificar, e se não desse muito trabalho, agradecia que alguém dissesse que achou piada senão vou ali analisar melhor o meu humor e já venho...
:P

3 comentários:

Anabela disse...

Então cá vou eu: li o post e achei piada, mas visto de fora... porque acho que se fosse eu ficava assustadissima e lançava logo a garrafa, tal era o medo de cair!!!
Eu não sou muito boa a andar de bicicleta e apanho cada susto (mesmo com as 2 mãos).
Mas admiro a tua dedicação ao desporto.

Lagoa Verdusca disse...

Bom, eu esbocei um sorriso e fiquei a ler até ao fim à espera de ter ver dizer que, mais tarde ou no dia seguinte, tinhas lá ido buscar a garrafa!

Eu também sou assim e passo-me da cabeça quando vejo lixo aí pelas nossas matas. E até a fitas dos passeios de btt ou tt agarradas às árvores...detesto!!! A organização não devia, uns dias depois, ir lá buscá-las, reutilizá-las e ajuntar também qualquer e todo o tipo de lixo que os participantes tenham deitado para a berna em total aflição para se arragar ao volante e com medo de cair encosta abaixo? ;)

Beijosss e bom fim-de-semana de corridas e pedaladas!

Isabel disse...

:-)
Não comentei na altura porque o lixo no chão é algo que me faz mesmo muita confusão.

Nas nossas caminhadas deparamo-nos sempre com imenso lixo.

Nós neste caminho para Santiago chegámos a fazer alguns Km com um saco de lixo na mão (que não dá jeito nenhum) à espera de encontrar um caixote para o deitar.

Ás vezes até penso que um dia devia fazer uma caminhada com o objectivo de apanhar o lixo: arranjar enormes sacos de plástico e um pauzinho com um pico no fim e ir "à apanha do lixo"!

Acredito que só o tivesses feito pela tua segurança, mas já viste que se todos os que participaram fizeram o mesmo foram umas centenas de garrafas que ficaram no chão, certo? ;-)

Para estes eventos tens que arranjar uma daquelas camisolas dos ciclista com bolsos atrás. :-)

PS - Não me leves a mal, é a minha opinião.