domingo, 6 de novembro de 2011

Era mesmo disto que tinha saudadinhas...

Não apanhei lama durante todo o percurso mas foi o suficiente para "matar saudades" da adrenalina que dá passar por terra molhada porque obriga a um esforço maior a pedalar, a um maior equilíbrio e por vezes alguns "contorcionismos" e "malabarismos"...
Cheguei a casa com a bicicleta cheia de lama e a minha roupa também não escapou bem como o cantil da água. Felizmente saíu tudo na lavagem e mesmo que não saísse, não ia querer saber.
O prazer de pedalar estes quilómetros em quase silêncio superam qualquer coisa que possa acontecer. Adoro percorrer estes caminhos ao Domingo de manhã, completamente sozinha... Dou agora por mim a perceber que, de certa forma, tenho algo de 'corajoso' por o fazer sozinha mas... não ia deixar de fazer algo de que gosto tanto só porque não tenho companhia...
Estava indecisa entre ir pedalar ou ir ao ginásio a uma aula de 'cycling' mas a vontade de ir até onde me apetecesse sobrepôs-se à ida para um ambiente "fechado"...
Foram 25 quilómetros feitos numa hora e pouco... E soube a pouco... Uma vez por semana é pouco para pedalar mas é o que se consegue arranjar...

Sem comentários: