domingo, 27 de novembro de 2011

Fui dar sangue e disseram-me para não esforçar o braço do qual o sangue saíu...

Que foi o braço direito. E por causa disso fiquei a pensar que não mexendo o braço direito hoje não haveria cozinhados,  nem roupa estendida e apanhada, roupa passada a ferro e por aí adiante... E vai daí que tive mesmo que mexer o braço direito e, até ver, estou bem...
Foi a segunda vez que dei sangue e desta vez custou menos e foi mais rápido do que da primeira vez. Ainda assim deu-me uma espécie de 'chilique' no início e lá tiveram que me pôr com as pernas para cima e a cabeça para baixo na maca onde estava sentada a dar sangue... Comecei a sentir uma espécie de formigueiro na cabeça e fiquei semi tonta mas depressa passou porque os técnicos de saúde são realmente pessoas extraordinárias...
Extraordinário foi também ter a tensão normal. Confesso que estava com medo que estivesse muito alta como das últimas vezes em que a tenho medido e que assim não pudesse dar sangue.
Felizmente tudo correu bem e no fim comi um pequeno lanchinho, eu e o filhote que assistiu a tudo e se portou muito bem. Este meu filho parece que anda com o apetite em alta... Em casa tinha comido uma taça cheia de cereais e comigo comeu metade duma sandes, bebeu um sumo e ainda comeu um bolinho...
Mas enfim, está superado este medo de tirar sangue. Para a próxima lá estarei...

Sem comentários: