sexta-feira, 30 de março de 2012

Vesti-me para ir correr e a seguir mudei de ideias, algo que os cães não compreendem...


Ontem quando cheguei a casa, depois de ter ido ao supermercado buscar meia dúzia de coisas para a casa e de ter ido buscar o filhote à creche, arrumei tudo, adiantei o jantar e dentro de mim pulpitava uma vontade imensa de ir correr...
Assim, depois de ter tudo mais ou menos organizado, vesti-me e calcei-me para ir correr. Preparei o telemóvel com o programa que conta quilómetros e calorias, pus a trela na cadela que por esta altura já estava histérica por ir sair e entretanto pus-me a olhar o sol que se punha a Oeste...
Eram sete da tarde mas ainda havia Sol e tinha planeado correr durante uns quarenta minutos pelo que a noite chegaria depois disso...
Contudo, enquanto olhava o Sol, e ainda que o meu corpo pedisse para ir correr, decidi não o ir fazer... Não por falta de vontade, não por falta de energia mas apenas para contrariar o meu corpo com receio que este fique cansado ou ressentido de tanto esforço físio. Pensei ainda que por alguma contigência da vida posso não poder dedicar tanto tempo ao exercicío e que isso me fará imediatamente engordar porque o meu metabolismo é preguiçoso e sem me mexer (tanto) sei que aumentarei de peso porque mantenho uma alimentação equilibrada, que não me engorda mas que também não emagrece...
E depois, enquanto olhava o Sol, lembrei-me de tudo o que tinha feito até ontem, desde a semana passada...
Na terça-feira, vá lá, tive juízo, e não fui ao ginásio, nem corri, nem andei de bicicleta...
E daí a vontade de correr... Mas posto isto, optei por não o fazer... Reflecti e achei que já era muito exercicio em menos duma semana, mesmo não estando cansada ou desgastada...
Ainda assim, quem não compreendeu esta reviravolta foi a minha amiga canina que estava tão feliz por irmos sair e que assim já não fomos. Ela tem-se 'ressentido' das minhas pedaladas e das idas ao ginásio... Com esta agitação não tenho ido caminhar nem correr com ela e também já a noto um pouco menos ágil e mais 'cheiinha'...

(imagem da net)

Sem comentários: