terça-feira, 24 de abril de 2012

Como era bom se tivéssemos para sempre o brilho no olhar que se tem aos 5 anos...

Como seria bom e saudável que em adultos continuássemos a acreditar em certas estórias de encantar e que os nossos olhos brilhassem intensamente por as estarmos a ouvir.
Ontem o filhote ficou com um pequeno inchaço em cada um dos braços por causa das vacinas que levou.
Colocámos gelo mas, ainda assim, na hora de dormir dizia que lhe doíam os braços.
Sabes filho, quando estiveres a dormir vem a fadinha das vacinas, que é prima da Sininho do Peter Pan e da fadinha dos dentes, sopra-te uns pózinhos mágicos, dá-te um beijinho nos braços e as dores passam.
E eu soprei da minha mão uns pózinhos imaginários, que eram mágicos e que tratavam as dorzinhas das vacinas.
E no quase escuro vi a cara admirada e intrigada do meu filho e os seus olhos brilhavam e tinham aquele brilho de quem acreditava genuínamente que uma fadinha, prima da Sininho, viria durante a noite, com asinhas pequeninas, e lhe soprava pózinhos e dava beijinhos mágicos nos braços...
E assim adormeceu mais descansado, e eu também...

Sem comentários: