terça-feira, 5 de junho de 2012

Sentir a dor dos outros

Suponho que isto acontece quando temos uma ligação forte com alguém.
Tínhamos falado por e-mail, pelo Facebook e pelo telefone porque vivemos um pouco longe e agora, decorridos alguns meses, e quando nos encontrámos "ao vivo e a cores" abraçámo-nos, ela começou a chorar e eu também porque foi como se tivesse sentido a sua dor e naquele momento soube que tínhamos uma ligação profunda, desse lá por onde desse.
E assim é a vida que vai colocando pessoas diferentes no nosso caminho. Umas passam e vão embora. Outras voltam, outras ficam e outras, mesmo que não estejam presentes no dia à dia, sabemos que estão sempre connosco.
Quando nos despedimos voltou a acontecer, senti uma forte ligação no abraço apertado que démos depois de muitas conversas, petiscos, gargalhadas e até passeios de bicicleta.
Hoje voltamos a estar afastadas por milhares de quilómetros mas não tarda nada ela está de volta, e, espero eu, já com a sua dor muito mais leve e amenizada...

Sem comentários: