quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Era para não ter ido mas ainda bem que fui...

Era para não ter ido ao ginásio à hora de almoço.
Pensei cá para comigo que hoje o dia já estava a ser deprimente o suficiente com a ida dos meus pais para casa e o deixar o filhote na Escola com apenas mais dois coleguinhas...
Como sei que costumo vir desta aula um pouco em baixo, ocorreu-me ir "prevaricar" para o 'shopping' mais próximo e afogar por lá as mágoas comendo o que não devia, quiçá comprando o que não devia nem preciso e assim colmatar a ausência dos meus pais e o facto do meu filho ter de se levantar cedo e continuar a ir para a escola mesmo nas férias...
Há quem se embebede, tome ansíoliticos ou desate a embirrar com todo o mundo, eu é mais andar de bicicleta, fazer exercicío ou ir ao 'shopping'...
Bom, mas afinal, depois de todo este drama mexicano mental, resolvi ir à aula e ainda bem que o fiz porque pensava até que não ía lá estar ninguém e na minha mente tinha um plano B: correr na passadeira e fazer outro tipo de exercicíos nas máquinas...
Afinal estava até mais gente do que é costume, fiz a aula e o melhor de tudo é que não vim de lá pseudo deprimida... e até sei porquê... Porque como cheguei uns minutos depois da hora, a sala estava quase 'cheia' e eu tive que ir para um sítio de onde não me via ao espelho...
E parece que o problema é esse, é estar a gramar comigo mesma no espelho durante a aula e começar com minhocas na cabeça como se estivesse na casa de espelhos da antiga e falecida Feira Popular.
Ora é o rabo que está grande.
Ora é a anca que está larga.
Ora é os braços que estão demasiado musculados.
Ora é a zona do esterno que é só ossos.
Ora é as mãos brancas e os braços bronzeados.
Ora é a transpiração.
Ora é uma m**** qualquer!!! (desculpem...)
E vai daí que sem me estar a ver ao espelho até fiz tudo de forma mais liberta e soube bem... muito bem...
Ainda que não estivesse aos saltos durante a aula, transpirei mesmo muito e é bom sentir a concentração no corpo que está a trabalhar e a esforçar-se para fazer mais do que aquilo a que está acostumado...
 

(fotos via Pinterest)

1 comentário:

Entre Tralhas e Panelas disse...

como te entendo...quando as saudades apertam...força
Beijinhos

http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/