sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Sinto-me viva

É assim que me sinto hoje e tudo por que passei por uma nova experiência e ultimamente apetece-me não deixar fugir oportunidades porque a vida é curta demais.
Sinto que estou a viver coisas que nunca vivi e que acabam por me divertir e fazer feliz, nem que seja por breves momentos mas isso não importa. O que importa é sentir e absorver as sensações únicas de experiências únicas que vão ocorrendo.
Não sei se estando a viver em Lisboa se também iria dar um novo rumo à minha vida e vivenciar outras coisas mas a verdade é que desde que me mudei para o Oeste que sinto mais as coisas e que as 'aprecio' mais e melhor... Penso constantemente que devo "aproveitar" e quase "sem querer" coisas acontecem na minha vida e por muito simbólicas que sejam porque não ganhei o Euromilhões nem passei a ter um jato particular, são importantes e significantes no meu percurso.
Quero viver enquanto posso. Parece que estou a viver coisas que devia ter vivido aos 20 anos mas nessa altura estava concentrada e fechada no meu mundinho a estudar e nada mais do que isso...
Vivo e sinto que para além do que sinto que vou ter estórias para contar quando for velha e se não chegar a velha pelo menos vivi coisas que outras pessoas não viveram...
Bem sei que não se percebe do que estou a falar, isso fica para outro post, mas hoje o que importa é que vivenciei algo diferente, divertido e engraçado e eu deixo que o mundo e a vida me deêm esses pequenos momentos de prazer e felicidade...
 
 

1 comentário:

akombi disse...

Fazes mto bem, eu tenho fases, agora ando numa de perguiçar, mas qd me sinto cheia de vontades tb aproveito, a vida é bela!