terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Era para não ir mas ainda bem que fui

Há anos que não me lembro de ter dores de cabeça ou tonturas e assim passei toda a manhã.
Suponho que seja algo causado também pelos "nervos" de ter o meu pai hospitalizado. Tenho falado com ele e parece-me sereno, cansado, muito cansado a falar mas tranquilo...
Está a fazer exames mas come e toma banho sozinho o que só por si já é bom, dentro do possível...
Ainda assim anseio pelo fim de semana para poder ir disparada rumo a Lisboa, para estar junto da minha mãe e ir ver o meu pai...
Mas como estava a dizer, tendo passado a manhã cheia de tonturas, chegando quase a andar aos ziguezagues no trabalho, não sabia bem se iria ou não ao ginásio e acabei por ir. E ainda bem...
Fazer a aula de Cycling soube-me mesmo bem e instantaneamente as dores de cabeça e as tonturas parecem ter passado à medida que avançava na aula. Até pensava que não iria fazer nada de jeito por estar semi cansada mas afinal a aula correu muito bem e foi feita com muita energia...
Só pensava que gostava de fazer mais do que uma aula destas uma vez por semana mas não tem sido possível...
Durante as aulas de Cycling parece que não penso em mais nada a não ser concentrar-me nos exercicíos e dar o melhor de mim...
Ali pedalo ao ritmo da música, transpiro que me farto e talvez porque não me estou a ver ao espelho faço tudo de forma descontraída...
Enfim... 

2 comentários:

sam disse...

As melhoras para o teu pai !

Alexandra A. disse...

Espero que o teu pai se restabeleça rapidamente!

É, o Cycling tem esse poder. E também acho que tem qualquer coisa a ver com não ter espelhos. :) Estamos ali e só ali, concentradas na música e em chegar 'mais longe'. :))

The Glitter Side @ Blogspot
The Glitter Side @ Facebook
The Glitter Side @ Pinterest
The Glitter Side @ Bloglovin