quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Fixei um ponto

Mas não, (ainda) não fiz a posição que está nesta foto, fiz outra que era também complicada em termos de equilíbrio, força e flexibilidade.
Qualquer coisa como estar apoiada apenas num pé/perna que por sua vez estava entrelaçada na outra perna e por sua vez conseguir unir os braços fazendo com que as pontas dos dedos de ambas as mãos se tocassem estando os braços esticados, 'em pé', por cima da cabeça...
Isto dito assim parece muito fácil mas garanto que não é e até eu fiquei surpresa comigo mesma.
Só o consegui fazer porque fixei um ponto imaginário e infinito no espelho e com isso concentrei-me, não desviei a atenção nem por um milésimo de segundo e, consequentemente, não caí, não me desiquilibrei nem perdi as forças...
Realmente é tudo uma questão da mente (que lindo verso...!).
Hoje a aula estava cheia e transpirei muito... Estava deveras concentrada e dei por mim a pensar que seria bom não perder o ritmo nem estas aulas para conseguir que o meu corpo faça cada vez mais coisas que antes nunca tinha feito, nem mesmo quando era uma jovem adulta esbelta...
Com o passar do tempo e das aulas sinto-me também a 'relaxar' mais o que é também meio caminho andado para que o corpo trabalhe melhor neste tipo de exercicíos...

imagem via Pinterest

1 comentário:

Vera, a Loira disse...

Isto é que é flexibilidade, adorei a foto.