quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Não sei se é do tempo, mais um cliché

Não sei se é do (mau) tempo, não sei se é porque no outro dia quando saía do trabalho tinha um pneu furado e fiquei logo em stresses porque em dezoito anos de condução se mudei um pneu uma vez foi muito... E, claro, veio a ajuda masculina dos amigos que trocaram o pneu em cinco minutos e naquele momento senti mais um cliché, o das mulheres ficarem atrofiadas e precisarem sempre dum homem para lhes mudar a roda, argh...
Não sei se é da distância dos meus pais e por o meu pai estar doente.
Não sei se é por ter dias em que acho tudo um disparate pegado e que quase nada faz sentido.
Não sei se é por ter passado a receber menos e do meu ordenado sairem quase 50% do dito em impostos para encher o cú a gulosos.
Não sei se é por não andar de bicicleta há quase duas semanas.
Não sei se é de tudo isto e muito mais mas a verdade é que não tenho andado muito animada...
Ainda assim lá fui à hora de almoço ginasticar e é sempre bom quando se consegue fazer um bocadinho mais e melhor... Correu bem e foi divertido ainda que incompreensivelmente tivesse uma espécie de "bloqueio" com alguns exercicíos que implicavam movimentações nas mãos, tal e qual o que me acontece(u) no Body Combat e não tivesse conseguido fazer força com as mãos...
Que parvoíce...

(imagem via Pinterest)

Sem comentários: