quarta-feira, 10 de julho de 2013

O blog é meu, posso vir aqui "gritar", posso...?

Estou farta disto tudo.
De esperar.
De ter que ter paciência.
De estar em casa.
De não ir trabalhar.
De não ir ao ginásio.
De não ter uma vida "normal".
De ter dores.
De não ter um braço normal que não se mexe 'normalmente'.
De ter que fazer Fisioterapia e ter ainda mais dores.
De ir à Fisioterapia, dia sim, dia não, como se fosse uma velha, e de me sentir ridícula ao não conseguir fazer determinados movimentos...
Queria estalar os dedos e que tudo ficasse bem novamente.
Que o meu corpo ficasse e estivesse novamente funcional e a funcionar normalmente.
Estou farta de lavar o cabelo só com uma mão.
Estou farta de por vezes olhar o meu braço e vê-lo como se fosse quase uma peça solta e robótica dependurada em mim.
Apetece-me berrar porque estou farta mas faço-o apenas interiormente até porque gritar dá cabo da cabeça dos outros.
Daqui a dois dias passaram três meses desde a operação e só me ocorre dizer que tudo isto foi e tem sido doloroso...
Farta...!!! Fartinha...!!!


4 comentários:

Alexandra de Amorim disse...

Claro que podes. :) Muita força. Parece-te uma eternidade, mas é o percurso necessário para que fiques bem. É um trabalho penoso mas vai compensar. Beijinho!

Nainho disse...

Podes sim gritar dizer palavroes ficares revolta... Só nao podes desistir de ti :)

Maria disse...

Faz bem explodir e desabafar! Não estás a passar um bom momento mas acredita que em breve tudo estará passado e estarás de novo a treinar como fazias!! Só tens de ter um pouquinho de (mais)paciência!
Beijinho grande e força, nada de se deixar ir abaixo!!!

Cristina disse...

Tu grita à vontade!! Não resolve nada mas alivia... E depois lembra-te dos progressos que já fizeste e não do que não consegues fazer. Hás-de lá chegar!
Bjos