quinta-feira, 26 de setembro de 2013

A começar a bater mal

Parece que estou a começar a bater mal.
Amanhã seria o dia de aniversário do meu pai e já passaram quase oito meses desde que partiu.
Sinto sentimentos que não são usuais em mim: raiva e mais raiva pela sua partida. Não é nada contra ninguém, é só contra a vida. Apetece-me dar murros no imaginário da minha vida que ficou tão mais vazia sem a sua presença, fazer Boxe ou Body Combat e dar murros no ar pela raiva que sinto pela partida do meu pai.
Bah....!!!

Sem comentários: