domingo, 20 de outubro de 2013

Hoje deu-me para e o Outono chegou aos campos...

Hoje deu-me para ir correr e caminhar um pouco com a minha amiga canina, algo que não fazia há bastante tempo. De manhã não foi possível ir pedalar porque o pai cá de casa tinha combinado fazê-lo com uns amigos e alguém tem que ficar com o filhote, não é verdade, e não havendo família por perto, temos que 'intercalar' as nossas atividades desportivas entre um e outro...
Bom, fartei-me de cozinhar, e para além das várias refeições ainda fiz um bolo com maçã e um doce de... maçã... É que deram-nos muitas maçãs e tenho que as 'gastar' de alguma forma, para além das que como diariamente, senão começam a estragar-se.
A tarde estava agradável e cheguei àquele ponto em que já não conseguia estar quieta e assim sendo peguei no telemóvel e nos fones, na cadela, e aí fomos nós. Corri pouco, não gosto muito de o fazer, e quando os caminhos são quase todos a subir, ainda é pior... Mesmo assim, entre correr e caminhar depressa foram percorridos quase 6 kms em 43 minutos, lá se foram cerca de 440 calorias. 'Parei' num banco do parque e fiz abdominais, pranchas e alongamentos... Que bem que isto me soube ao ar livre e o melhor de tudo é que não havia ninguém por perto...
Mas parece que o Outono chegou mesmo, no chão as folhas caídas, todas em tons amarelados e acastanhados davam uma beleza bucólica aos caminhos por onde passei... Quando era mais nova não gostava nada do Outono mas depois de ter sido mãe nesta estação passei a olhá-la com outros olhos e a ver uma beleza e uma serenidade imensas... Sinto o Outono com tranquilidade, como uma estação sábia que faz a transição para a renovação... 
E em menos duma semana será o aniversário do filhote. Lembro-me tão bem de estar nos últimos dias da gravidez e agora já passaram... sete anos... Lembro-me de irmos passear à Costa da Caparica para comer gelados em pleno Outubro... Às vezes tenho saudades, não de ser mãe novamente ou de ter bebés, mas daquele tempo, foi um tempo tão feliz e tão tranquilo, a espera do nascimento dum filho, a família toda por perto... Agora somos cada vez menos, estamos longe, não sei... Parece que falta qualquer 'coisa'... ou melhor, faltam já algumas pessoas...


Sem comentários: