sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Sem saber o que escrever

Olha, que realmente estou a gostar muito das aulas de Cycling, parece algo que se torna viciante. Como tenho ido a dias 'certos' noto que as presenças nas aulas vão variando. Tirando eu e mais uma ou duas pessoas, todas as outras são "rotativas", ou seja, vão variando e raramente são as mesmas. Isto leva-me a pensar várias coisas. Que as pessoas podem ir noutros dias, que não puderam ir à aula, que não gostaram, que acharam demasiado pesado, não sei...
No meu regresso ao ginásio, a primeira aula a que fui estava "à pinha", só sobrava uma bicicleta vazia mas depois nas restantes não tem sido bem assim... Temos sido poucos e, como digo, menos ainda os que têm ido sempre às aulas. A música realmente ajuda, e muito. As aulas são puxadas, e muito. Mas... sabem bem, a mim parece que me libertam de todo o stress e tensão que possa sentir. Transpiro tanto que a toalha fica ensopada. O pulsómetro pendurado na bicicleta mostra-me que as pulsações têm vindo a reduzir e quase uma hora depois, ainda podia pedalar mais...
Antes de tudo isto corri e caminhei como de costume e fiz uma aula curta, enfim, onde deu para fazer alguns exercicíos parecidos com os que fazia nas aulas de Body Balance. Ainda que o braço não responda na perfeição, apercebi-me que há coisas que ainda consigo fazer... Fiquei com vontade de voltar ao Body Balance... Vamos ver...
Mais uma vez gastei cerca de 1100 calorias numa hora e quarenta e cinco de treinos e mais uma vez cheguei a casa cheia de calores e sem fome nenhuma. É que não tenho mesmo vontade de comer. Sei que tenho que comer porque estive a fazer um imenso esforço físico mas nem consigo olhar bem para a comida... Pena que nos outros dias não seja também um pouco assim...
 
 

Sem comentários: