quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Up & Down

Com algumas oscilações no peso com a queda, comecei a levar isto mais a sério com a ida para o ginásio. Não me peso desde que fiz a avaliação física no início do mês e, sinceramente, comendo menos e exercitando-me mais, não me tenho "sentido" mais magra do ponto de vista psicológico e não tenho notado nada de especial nas roupas.
Mas hoje de manhã foi diferente. Pela primeira vez em muito tempo (digamos uns seis meses, o tempo desde que caí... e parei...) o cinto foi abotoado no buraco ao lado para aconchegar e apertar mais o cinto, à semelhança do que acontece na nossa vida do dia à dia...
Foi bom e agora fiquei curiosa em relação ao meu peso e por isso vou 'ter' que me pesar brevemente...
Apesar de ter apertado o cinto, a gordura que tenho está instalada nas coxas e glúteos...
Ontem ao fazer abdominais estava a pensar nisto mesmo. Enquanto fazia os exercicíos reparava que realmente não tenho barriga alguma, que ali estava ela lisinha a movimentar-se. Já as coxas e glúteos, essas continuam bem compostas, o que me vale é que está tudo em harmonia. Desde 'nova' que a "barriga das pernas" é torneada e 'desenvolvida' e depois de ter começado a andar de bicicleta, ainda 'melhorzita' ficou essa parte. Portanto, menos mal ter coxas e glúteos volumosos com pernas compostas do que ter umas pernas fininhas e escanzeladas que não estariam em proporção com o resto...
:D
Bom, pensamentos e ilações sem qualquer interesse à parte, ontem lá estive na passadeira e depois na aula de Cycling, bem bom. Se bem que ontem a aula estava cheia e pelo meio havia conversas para as quais não tenho pachorra, mas pronto, o que importa é que eu estava lá para fazer a aula e não para ouvir baboseiras alheias e por isso concentrei-me na música, no que tinha que fazer e alheei-me daqueles falatórios...
Como sempre vim para o 'fundo' da aula, quase às escuras. E na escuridão tiro a blusa de mangas que dá lugar à blusa de alsas e à cicatriz (quase) à vista. Só eu é que devo reparar 'nela' mas pronto. Continuo a olhar para 'ela' durante grande parte da aula, nem sei porquê. O suor imenso que escorre não a faz 'arder' ou 'doer'...
E por momentos a minha cabeça fica vazia de preocupações. Há quem veja novelas para aliviar o stress e não pensar em nada. Eu faço exercicío e então nas aulas de cycling não penso mesmo em mais nada, a não ser nas músicas que passam e em pedalar com toda a força...
 

Sem comentários: