domingo, 24 de novembro de 2013

A paixão est(ar)á a desvanecer(-se...?)...

Não sei bem como dizer isto mas sinto que a minha paixão pela bicicleta se está a desvanecer...
Comprei roupas novas de inverno e mais alguns acessórios indispensáveis ao frio e até o fiz de forma entusiasmada mas sinto que nada parece mais o mesmo... 
Saio de casa a pedalar animada mas pelo caminho vou perdendo a vontade e a alegria em pedalar e não consigo explicar isto... Começo a ficar farta e saturada, chego a ficar triste e entristece-me que isto esteja a acontecer, afinal recentemente tive um belo presente: uma bicicleta nova e mais que 'potente'...
É como se a nossa relação tivesse chegado ao fim e por isso nem sei bem como o explicar ou exprimir.
Hoje nuns trilhos separei-me do grupo com quem ia e acabei sozinha na praia a contemplar o mar, enquanto não chegava mais ninguém... Sentei-me na areia gelada e húmida e perguntei-me como seria deambular pelo mar, perguntei ao mar por que é que este ano me estavam a acontecer tantas coisas menos boas porque agora tudo me parece pavoroso e doloroso. Lembrei-me uma vez mais do meu pai, as dores que o frio provoca não me deixam esquecer que trago o ombro articulado com o braço por uma placa e alguns parafusos e ali ao pé do mar salgado, as lágrimas salgadas caíram-me pela cara abaixo deixando perceber que o frio era ainda mais do que aquele que sentia por estar quente de tanto pedalar...
Estive naquela espécie de reflexão solitária durante uns minutos mas entretanto levantei-me e fiz-me à vida.
Contudo, o regresso a casa parecia infindável e interminável apesar de não estar cansada. Sinto que forma física tenho, parece que não tenho é paciência para pedalar durante muito mais tempo. Já na semana passada as coisas não correram muito bem e se isto continua assim, já não sei bem o que pensar.
Até tinha (tenho) em rascunho um post com as novas roupas, tão 'fashion', que comprei para a bicicleta, e agora já nem sei me apetece postar sobre isso...
Foram 53 kms muito pouco divertidos...


1 comentário:

Corre como uma menina disse...

Nas melhores "relações" há períodos altos e baixos... 2014 há-de ser o ano da redenção.
Beijinhos