quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Às vezes acho que é mesmo isso...

Que o exercicío e a intensidade que se vai ganhando são mesmo uma espécie de "comprimido" contra o stress e as pressões do dia à dia... O efeito que provocam assemelham-se a uma espécie de 'felicidade' e assim fiquei feliz com uma aula intensa de Cycling que me fez transpirar. Foi uma aula 'puxada' mas, ainda assim, não me senti tremendamente cansada, esgotada ou com vontade de 'desistir'...
Vai uma palavra de apreço para quem se está a iniciar e a esforçar, com notório peso a mais. Isso sim, é de coragem e espero que não hajam desistências. Todos temos que começar por algum lado nalgum dia...
 


1 comentário:

Alexandra de Amorim disse...

Verdade. Eu só tenho pena de me ter começado a dedicar tarde ao exercício. Faz(-me) tão bem!