quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Nem de propósito esta Temporada 9...

Com a Temporada 9 da Anatomia de Grey tenho tido sentimentos diversos. Parece ter "calhado" numa altura da minha vida em que me identifico em pequenos pormenores do que se está a passar. Certamente que isto não me acontece apenas a mim mas confesso que a perda de algumas capacidades físicas em duas personagens, por causa da queda do avião onde iam, me deixa a pensar em mim, na minha queda de bicicleta que não é comparável a um acidente de avião, e à forma como se reage ao facto de já não termos determinadas 'capacidades'...
A Dra. Arizona Robbins ficou sem uma perna e o Dr. Derek Shepherd ficou com problemas numa mão que o impedem de operar... E aquilo tudo leva-me a pensar nas minhas próprias limitações que não são visíveis nem notórias mas que estão cá. Que acontecem e doem quando estendo roupa num estendal acima da minha cabeça, que são escarrapachadas quando não consigo fazer certos exercicíos no ginásio, nada de grave ou de essencial para a minha vida do dia à dia mas que perturba...
Passar a viver com limitações, sejam lá elas quais forem, quando sempre se foi super saudável e 'normal', dói, e muito. Bem sei que há quem esteja muito pior do que eu em termos de saúde e de limitações mas quando recordo todo o processo moroso e doloroso, isto dá que pensar...
Tudo serviu de experiência e vivência que trouxe novas aprendizagens e interiorizações...


 
 
 

Sem comentários: