terça-feira, 26 de novembro de 2013

Post 'fashion-ciclístico' algo extenso...

Ora bem, aqui está um post 'fashion-ciclístico' para ver se este blog fica mais animado, com direito a fotos, legendas e tudo e tudo...

Pequenas notas introdutórias:
 
a) Quando caí e tiveram que me levar para o Hospital, os Bombeiros e, posteriormente, os médicos, cortaram-me as roupas que levava com uma tesoura daquelas que aparecem nos filmes com acidentados (ou psicopatas assassinos) e isso incluíu o fato de inverno de ciclismo (camisola e calças), o corta vento e eu própria deitei fora as luvas de inverno que levava naquele dia...
 
b) Quando fui pedalar neste fim-de-semana levei vestida uma t-shirt de algodão de manga curta, a blusa interior que está na foto (1) e a camisola de ciclismo que está na foto lá em baixo. Levei ainda o corta vento vestido que está na foto (2) e as luvas e o cachecol (foto 3) para além dum gorro polar por baixo do capacete...
 
- fotos retiradas -

1 - Ora bem, esta camisola é uma boa compra. Está na parte de Ciclismo e custa  a módica quantia de 9,95€. Há com as riscas acizentadas como a que comprei para mim e com riscas encarnadas. 'Supostamente' é uma blusa interior mas depois de a vestir apercebi-me que poderá servir de blusa de manga comprida vestida de forma desportiva e casual. Não fica com ar de camisola interior. É daquelas peças que dá jeito, mesmo para quem não anda de bicicleta. Pode servir para correr ou apenas ir ao parque.
Aprovada pelo preço/qualidade/'gireza'.

2 - Corta vento cheio de bolsos que se tivermos calor (algo que não me deve acontecer nos próximos meses...), se dobra todo e se pode levar às costas ou à cintura como se fosse uma bolsa. É impermeável e quentinho pelo que dá jeito para pedalar mas também para correr ou caminhar, ou apenas passear. Não é específico de ciclismo mas serve também para este desporto. Na verdade, não gostei dos corta ventos de ciclismo, ora tinham cores berrantes e despropositadas (tipo amarelo vivo...) ora não tinham bolsos e se um ciclista precisa de bolsos e bolsinhas (senão onde se levam barritas, géis, dinheiro, cartão de identificação, telemóvel, máquina fotográfica minúscula e por aí fora...), imagine-se uma mulher-ciclista...
Aprovado pelo preço/qualidade/'gireza'.

3 - Uma luvas banais e normais de ciclismo que estavam com uma bela promoção e um cachecol polar que se pode transformar em gorro, apertar ou alargar no pescoço ou na cara. Bela compra, que nem a 3€ chegou, para quem bate os dentes com frio, como eu...
 
E agora passemos às roupas mais caras que alguma vez adquiri, de ciclismo. Espero que valham a pena porque o que me dizem é que a qualidade, o conforto e, já agora, olha o estilo, é muito maior e melhor... E é melhor que assim seja porque ando só a pensar no dinheiro que gastei...

- foto retirada -

Sou uma pessoa muito prática e pragmática: o que é para usar e lavar infinitamente não valerá a pena ser de grande qualidade ou ter um preço superior porque, em princípio, estragar-se-á rapidamente com o uso... E por isso as minhas roupas para pedalar têm sido compradas na Sport Zone e na Decathlon. O fato de ciclismo de Inverno que me cortaram aquando da minha queda na bicicleta tinha sido comprado na Decathlon e na verdade já tinha dois anos e meio e depois de tanto ser usado e lavado, continuava confortável e quentinho como gosto porque sou uma pessoa muito friorenta, como já deve ter dado para reparar...
Mas agora lá me convenceram a 'aderir' a esta marca e confesso que realmente noto diferenças. A blusa é confortável e tem um padrão diferente e as calças moldaram-se imediatamente ao corpo. Com estas calças, até parece que as minhas pernas são todas elas rijas, desde a coxa até ao tornozelo...
Enfim, vamos ver se vou dar um uso intenso a estas indumentárias...

Sem comentários: