quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Tem piada, sem ter graça nenhuma...

Mas a última vez que fiz Body Balance (lembrei-me agora por causa de estar a falar nisso no post aqui em baixo) foi no dia em que caí da Bicicleta. Fiz a aula à hora de almoço e ao fim dum dia chuvoso fui pedalar e um quilómetro e pouco depois de ter saído de casa, dei, como dizem "os outros", o maior esbardalhanço da minha vida, com as consequências (graves) que já toda a gente sabe...
Em género de memória, aqui fica o post que escrevi nesse dia fatídico. Mal imaginava o que me iria acontecer umas horas mais tarde...
Para alguma coisa há-de servir um blog, nem que seja para mais tarde termos estas memórias/relatos...

 
Não deu para ficar na parte final da aula.
A música mais que melancólica, a chuva que caía na rua, o ar e o céu que de repente ficaram cinzentos 'relembraram-me' das tristezas da minha vida e antes que desatasse numa espécie de choro envergonhado, preferi calçar os meus ténnis, arrumar o colchão, dispensar aquela parte reflexiva e fazer-me à vida...
Mais uma vez lembrei-me do meu pai. Eu sei, pareço um disco riscado mas a risca da dor da sua ausência continua a repetir-se na minha alma e no meu coração e não estou a conseguir desprender-me dessa dor...
Inspiro e expiro, por causa dos exercicíos e da tristeza súbita que me dá fazendo-me ficar com um ar pesado e tristemente triste...
Se calhar não estou bem ou ainda não aceitei a sua partida...
Revejo constantemente a nossa vida em segundos na minha mente como se fossem flashs que teimam em não apagar e em não deixarem de me magoar o olhar...
Concumitantemente saio de fininho da aula, com a devida 'permissão' que eu cá não gosto de dar de frosques sem mais nem menos, nem não terminar as coisas sem dar cavaco a ninguém.
Saio, corro para o balneário, tomo um duche. Hoje não houve grandes transpirações, nota-se pelas calorias gastas: apenas cerca de 200...
Palpita-me que chego ao trabalho e que me apetece enfiar num buraquinho e não ter que falar com ninguém mas tenho que o fazer...

Sem comentários: