quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Foram-se os anéis

Ou parte deles.
Ficaram os dedos. Pois, ficaram mas não é a mesma coisa.
Estou tão farta e cansada deste ano que já nem sei o que diga.
Foram-se os anéis, ou parte deles.
Estou realmente a ficar cansada. E, pior ainda, a perder a esperança.
Hoje foi um dia duro, não passa pela cabeça de ninguém aquilo por que passei ou senti hoje.
Não aconteceu nada de grave a mim ou à minha família, felizmente.
São cá coisas (muito) minhas e o pior disto tudo é eu chegar a um ponto que já nem sei o que pensar ou sentir.
Foram-se os anéis.
Fechou-se uma porta.
Ficaram os dedos.
Abre-se uma janela.
Não sei... Não sei mesmo, cada vez menos...


Sem comentários: