domingo, 15 de dezembro de 2013

Potência

Não sei bem o que dizer.
Que de manhã não me apetecia levantar, estava frio, a cama e os lençóis chamava por mim e por isso não fui com a minha amiga das pedaladas que tem que ir cedo.
Hoje foi assim. Não me apeteceu levantar. Estava cansada do dia de ontem que foi deveras agitado e da semana que passou. Pensei por que raios havia de andar também em correrias ao Domingo e por isso deixei-me ficar na cama.
Levantei-me a horas quase impróprias para uma mãe, mulher que tinha ainda de preparar o almoço e por isso, quando ainda todos dormiam, sentei-me a tomar o pequeno-almoço, de forma tranquila, pensando que não iria pedalar por causa das horas, afinal já passava das dez da manhã...
Entretanto os 'meus homens' levantaram-se e baixou em mim aquele frenesim típico de a quem falta 'algo'. Podia ter ido correr por causa das horas mas realmente a bicicleta chamava mais alto.
Equipei-me e ainda fomos tomar café mas eu segui enquanto o pai cá de casa ficou com o filhote.
Esqueci-me de ligar o programa que uso no telemóvel, paciência, mas também não era isso que me ia dar mais força ou ânimo.
Eu aprecio genuinamente as minhas pedaladas solitárias... Fiz diversas subidas e senti que melhorei nas descidas. Sinto que estou a perder parte dos medos e para isso preciso mesmo de fazer caminhos mais técnicos sozinha, sem ninguém a dizer-me nada...
Apesar das dores nas pernas, hoje foi uma boa volta. Senti-me e senti a bicicleta com mais 'potência', sinto-me com mais força, e a ficar mais animada com estas voltas.
Foram 40 Kms em duas horas e um quarto, acho que não foi mau tendo em conta o piso e as subidas que fiz... E senti calor, algo que ainda não tinha sentido desde que o frio chegou. Até tirei o gorro e o casaco e parece que... 'voei'...



2 comentários:

Dulce disse...

Gosto de passar aqui de vez em quando. Gosto da menina - mulher que vejo em ti.

Algures no Oeste disse...

DULCE: Obrigada... Um beijinho :-)