quinta-feira, 20 de março de 2014

Isto vai de mal a pior

Ali estava ele, bem de frente para mim no espelho.
Destacava-se, enervou-me vê-lo. Inspirei. Ganhei coragem porque ele estava ali quase destacado, visível, como que a saltar, como uma erva daninha que invade o terreno.
Cheguei-me ao espelho, e bem no cimo da minha cabeça lá estava ele. Encostei a cara quase ao espelho. Desviei os outros que não tinham culpa, tentei agarrá-lo e não consegui logo à primeira, escapou-se-me das mãos...
Até que consegui. Do cimo da minha cabeça consegui arrancar a merda daquele cabelo branco que estava bem ali no meio em destaque. Eu pelo menos via-o muito bem de cada vez que ia à casa-de-banho e me via ao espelho.
E por momentos senti-me... velha... (?)
Cabelos brancos, dias de férias a mais pela idade, é muita coisa num dia só...

1 comentário:

Carla Isabel disse...

Eu perdi a conta aos meus ,...tenho muitos por isso pinto o cabelo...:)