sexta-feira, 14 de março de 2014

Sozinha...

É como me apetece estar em grande parte do tempo e das "minhas coisas"...
Pedalar, correr, caminhar, ir ao ginásio... Tudo sozinha...
A diferença entre mim e o Sol é que eu não brilho assim lá muito...
É incrível ir fazer 40 anos e sentir que "não pertenço" a lado nenhum no sentido de 'grupos', 'meios' e afins... Prefiro de facto estar sozinha e não me custa absolutamente nada, aprecio, admiro e gosto desta solidão...
Não crio laços nem grupinhos.
A maior parte das pessoas anseia por pertencer a um grupo qualquer, a ser aceite, encaixada, englobada, a aparecer em fotos com milhares de pessoas... 
Pois eu estou a fazer o contrário como que para ficar sozinha.
"Afasto" parte das pessoas e saio dos grupos a que pseudo "pertenço" e... sabe-me bem...
Sinto-me independente e indiferente por não pertencer a lado nenhum...
 

3 comentários:

Dear Daisy disse...

Não és a única.
No meu caso, e apenas nalguns dias, tenho pena que assim seja. Noutros dias, não me importo.

Estou desiludida com as pessoas e geral, não me identifico, sinto-me uma "ave rara" e a melhor das companhias é a minha.

O que terá de ser, será.

Um beijinho

Alexandra de Amorim disse...

Eu não sou tanto assim (acho) mas sou muito assim. Se calhar, juntávamo-nos as duas e fazíamos um grupo de duas, que a bem dizer não é um grupo, é só um duo. ;)))

The gLiTtEr Side

Algures no Oeste disse...

DEAR DAISY: É isso mesmo, a desilusão com as pessoas leva a isto...

ALEXANDRA: Tinha piada realmente, era um duo solitário, que tal, eh, eh.?

Beijinhos a ambas :-)