terça-feira, 9 de setembro de 2014

Derreada

E não foi do ginásio ou duma pedalada intensa. Hoje tive que lidar com algo que não acontecia há muito tempo. Há tanto que já nem me lembro de quando foi a última vez que me enervei assim com o filhote. Temos andado numa espécie de lua de mel e foi com estranheza que encarei esta birra com laivos de pré adolescente que bate o pé em género de afirmação. Não fez o que pedi e que depois mandei. Virou-me as costas, berrou e eu perdi a paciência compreensiva. Levantei a voz e dei uma palmada naquele rabo virado para mim.
Deitou-se no chão, esperneou, gritou como se eu o estivesse a espancar.
Caramba que isto de ralhar e educar dá mesmo muito trabalho!
Depois desta fita que me fez lembrar os 3 anos ou então uns 12, não sei bem, fiquei derreada e cansada, quase esgotada...
Filhote saiu do banho, jantámos e agora joga com o pai na sala.
Acho que é urgente e necessário que as aulas comecem, rotinas e horários precisam-se. Suponho que o filhote esteja cansado e nós também...
Caramba...

2 comentários:

Luísa disse...

Existem alturas em que é mesmo difícil educar!
Felizmente que são pontuais :-)
Cá por casa também estava a sentir que estávamos a precisar urgentemente de regressar às nossas rotinas. Começámos à uma semana e tudo melhorou como que por encanto ;-)
Abraço apertado de mãe para mãe

Gaja Maria disse...

Começa a pré-adolescência... É mesmo assim, querem começar a afirmar-se mas tens de ser firme, que eles estão sempre a testar-nos. Se facilitamos, começam a abusar. Mas tem lá calma, a escola está a começar :)