segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Cotovelos

Sou pessoa que não fala pelos cotovelos mas, ainda assim, trago uma blusa com manga pelos cotovelos e no dia de hoje foi uma escolha muito pouco acertada... Está mais frio, é notório, e salva-me o casaquito de malha que trago por cima, e o blazer...

Depois no trabalho perguntam-me se morreu alguém porque tenho muito preto vestido.
Ora bolas, eu sempre adorei preto. Mas o que me apeteceu responder e que pensei na minha cabeça foi: "Sim, sim, morreu, há um ano e meio, mais coisa, menos coisa...". Mas calei-me e respondi de forma simpática que achava que não...

Penso na prova em que participei e que, de certa forma, e por breves momentos, faz-nos pensar que se aguentámos aquilo, aguentamos quase tudo... Foi mesmo algo muito duro, pelas condições atmosféricas, pela dificuldade do percurso, por saber que havia muita gente inscrita que não foi por causa do... tempo... enfim...
Suponho que isto seja também uma espécie de 'lição' de ânimo para acreditar mais em mim mesma, para saber me valorizar e ser mais segura e não duvidar tanto das minhas capacidades.
Durante a prova acompanhei uma menina de 17 anos e pensei que 'tomara' eu ter desatado a fazer desporto naquela idade e aos vinte e tal anos porque, certamente, iria ter prestações no mínimo razoáveis ou boas... Fui sempre a incentivá-la e a dar-lhe pequenas dicas para não desistir. Podia ser minha filha e pensei que um dia gostava que alguém fizesse o mesmo ao meu filho numa situação semelhante, ou que se fosse eu da idade dela, era bom ter ali uma espécie de "apoio".
Fomos sempre conversando e percebi que estava a ser importante para ela ir ali comigo.

Quem me dera poder treinar mais e melhor.
Estou um pouco cansada do 'meu ginásio'... Não é nada contra ninguém em particular, são todos muito simpáticos mas custa que não se esqueçam da anuidade de um seguro que considero ser demasiado caro, e se esqueçam que a última avaliação física que fiz foi há um ano, quando regressei depois da pausa por causa do acidente na bicicleta. Desde então ninguém se interessou em marcar nova avaliação física ou em conversar comigo sobre isso, ou sobre a bicicleta, ou sobre BTT... Parece que têm "medo" por poderem considerar que sei 'muito' sobre as bikes ou então é para recorrer a serviços de PT. Não, obrigadinha, não assim...

Sem comentários: