segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O crime, o horror...

Este fim-de-semana prevariquei no que à bicicleta e ao exercício diz respeito...
Para já, fiquei aflita porque filhote entalou um de seus dedinhos na porta do carro, quando ia a sair, vindos da Escola.
Larguei o carro que ficou ligado e com as luzes acesas e corremos para casa, para pôr água fria no dedo que começou a inchar e a ficar negro... Felizmente não foi nada de mais mas, ainda assim, para precaver, filhote não foi no sábado a uma das suas atividades que é mais... física...
Acabei por lavar e não secar roupa graças ao mau tempo que esteve e entre compras para a casa, arrumações e comidas, o tempo voou. Afinal, estou uma semana inteira fora de casa o dia todo o que não dá para fazer quase nada...
No domingo acordei a pensar que iria pedalar mas era bem mais tarde do que a hora a que costumo ir, pasme-se, levantei-me às dez da manhã, algo inédito na minha vida, e o tempo estava já cinzento e chuvoso.
Tomei o pequeno-almoço com o filhote porque o pai já estava acordado há muito e, sinceramente, não me apeteceu sair de casa naquelas condições... Senti-me... preguiçosa e comodista, farta de "sofrer" com chuvas enlameadas e frio na bicicleta e agora com o meu 'alarme' no ombro e no braço, acomodei-me e não fui pedalar... Ao invés, rumámos ao supermercado em busca de legumes para uma sopa que me estava a apetecer fazer. O pai também escolheu alguns ingredientes para fazer uma saborosa Pota e o filhote lá nos convenceu a trazer algumas guloseimas...
E assim passei a manhã de domingo de volta dos tachos e não de volta da bicicleta...
Senti-me, contudo, 'aconchegada', afinal, o filhote anda com testes e hoje tinha um, de Estudo do Meio, e ficámos a ler, a rever e a fazer perguntas sobre a matéria que não é propriamente a sua preferida. Filhote prefere a Matemática e tem um raciocínio ágil e rápido, tanto que às vezes já nem eu estou a perceber a matéria...
De qualquer forma, não deixei de me sentir "culpada" por não ter ido pedalar e exercitar-me, ainda que ao mesmo tempo me soubesse bem estar a usufruir do aconchego familiar e da casa... Para correrias, já me basta a semana toda e nesta fase o meu filho precisa de mim, de nós, para o acompanharmos e para estudar...
Parece que ao mesmo tempo engordo só de não ir pedalar e porque como, porque petisco, porque isto e aquilo....

1 comentário:

Gaja Maria disse...

ás vezes sabe tão bem... Eu apanhei uma molha a pedalar que nem te passa. Acho que entretanto também vou fazer um fim de semana desses :)