quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Vida...

A vida é também feita de partidas e de chegadas.
A minha mãe veio para o Oeste para o aniversário do neto, há quase um mês, e entretanto foi ficando.
Por estes dias decidiu ir embora e hoje foi o dia. E quando isto acontece parece sempre que se instala em mim uma espécie de vazio, afinal vamos ficar separadas por muitos quilómetros e eu não vou estar "à mão" caso seja necessário e a minha mãe está 'sozinha'...
Penso contudo na vida toda e nestes dias, e em dias cinzentos e de chuva, parece que há uma sobrecarga do que foi e passou, do que está para vir.
Apesar da minha idade, e de ser mãe, ainda sinto, por vezes, saudades dos tempos em que era apenas filha, com pouco mais em que pensar ou tratar...
Vá lá, eu sei que mais logo isto passa...


Sem comentários: