quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

No último dia do ano...

No último dia do ano pedalei... Como foi com o meu marido e os seus/nossos amigos, os trilhos eram mais técnicos e eu acabei por cair... Uma queda tonta numa poça enorme de lama e água, precisamente sobre o lado do corpo que tem a placa e os parafusos... Ensopei-me de água e lama do meu lado direito, o telemóvel ficou também todo molhado, larguei a bicicleta e ainda que não me tenha magoado, choraminguei de raiva pela queda parva, pelos meus azares e apeteceu-me fugir dali, de tudo e de todos...
Levantei-me, estava bem mas para último dia do ano, achei que era uma treta estar assim a cair e a molhar-me, ficando gelada... Como se fosse um aviso, um qualquer augúrio relativamente ao futuro... Não gostei de me entristecer no último dia do ano... Pensei uma vez mais em Lisboa...
Next...
Bom Ano, feliz 2015...

2 comentários:

Anónimo disse...

Admiro-te por voltares ao pedal, ao monte e à estrada depois da queda.
A cicatriz...é de guerra, deves ter orgulho e não esconde-la, não é qq uma que passa pelo que passaste e se ergue com tanta rapidez...
As quedas na lama e na água são as mais fofinhas, nas pedras é pior!
Vais ter um excelente 2015, aposto.
Susana

Algures no Oeste disse...

SUSANA: Muito obrigada pelas tuas palavras, acredita que são de grande importância e que dão outro ânimo...
:-)
Um beijinho, até breve, bom ano, feliz 2015 :-)