terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Arrancado

A trabalhar.
Rumo à casa-de-banho e a primeira coisa que me salta à vista no espelho é... um raio de um cabelo branco semi ondulado e enrolado, bem no cimo da cabeça, a destoar do resto.
Raios!
Arranquei-o, de forma incisiva, apesar da dor ligeira provocada, como se fosse uma picada...
Eles não param de aparecer, os cabelos brancos! Mas isto não é suposto ser genético...? É que o meu pai tinha poucos cabelos brancos e a minha mãe com 70 anos também não tem assim tantos...
E eu, de há cinco anos para cá, que vou descobrindo um aqui e outro acolá no cimo da tola, e é sempre no espelho do meu trabalho.
Baahahahah!!! Isto do tempo a passar é uma coisa quase cruel.
Ah e tal, temos de viver bem com a idade que temos.
Sim, claro que sim, eu interiorizo isso e não queria voltar atrás mas... mas custa e enerva-me mesmo muito dar de caras com cabelos brancos e pensar que já não se tem a frescura ali dos entre os 20 e os 30 anos...
O que foi feito de mim e da minha vida... O meu filho fará 9 anos este ano, como é possível!!!

1 comentário:

AvoGi disse...

Se eu arrancasse os meus ficaria careca. Lol
Kis :>}