quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Mais memórias...

Depois de uma vida inteira a viver em Lisboa, há 2 anos atrás foi a primeira vez que pedalei por lá, já que só comecei a andar de bicicleta quando me mudei para o Oeste. Aqui ainda tinha a bicicleta Specialized,  de que tanto gostava, mas com a qual viria a cair mais tarde, rígida.
Contudo, estes passeios por Lisboa não abonam em felicidade pois foi na altura em que o meu pai já se encontrava muito doente e em que deixávamos o Oeste e íamos todos os fins-de-semana para casa dos meus pais... Parece agora que foi pouco, foi muito pouco o que fiz nos últimos momentos da vida do meu pai...
Hoje também é uma espécie de dia-não porque não estou a conseguir encontrar a 'felicidade' em nada. Apetece-me estar de trombas para o mundo porque vejo tudo 'negro' e sinto-me a ser sugada, cada vez mais, para essa espécie de buraco angustiante em que as cores se foram...



2 comentários:

Gaja Maria disse...

Não sei o que te faz ficar assim, ou se podes mudar alguma coisa para te sentires melhor mas uma coisa é certa, tens de fazer alguma coisa para sair do buraco.... Força

Corre como uma menina disse...

Hoje, curiosamente, também estou em dia não... Amanhã será um dia melhor.
Beijinhos
PS: Reconheço esse local. ;)