quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Tenho que me deixar daquilo

Por estes dias uma colega diz-me que eu não paro quieta e que estou sempre ou a correr ou a andar de bicicleta, que chiça, e não sei quê e não sei que mais...
E porquê isto...? Por que, geralmente, quando pedalo ou corro, tiro fotos... E tiro fotos não numa de exibicionismo mas porque gosto de tirar fotos mas depois cometo o erro crasso de partilhar essas mesmas fotos no Facebook. E vai daí que a minha colega dizia, em grande efusidade, que eu não fazia mais nada.
Ainda respondi, em tom irónico, e que não partilhava eu fotos ou 'coisas' de quando me exercito no ginásio... Mas depois... depois fiquei a pensar... Fiquei a pensar que o melhor que tenho a fazer é não partilhar nada ou se o fizer, que seja apenas no Instagram. Pelo menos ali as pessoas quase nem me conhecem e não tecem comentários destes ou ficam a pensar "coisas"... Que gosto de tirar fotos é um facto e portanto não o vou deixar de fazer. Contudo, tenho mesmo que parar de o fazer no Facebook... Já estive uns dias sem lá ir, entretanto voltei mas o melhor é mesmo não partilhar nem dizer nada, e se for correr ou pedalar isso fica mas é para mim e chega... É que afinal grande parte das pessoas não se manifesta mas concluo que reparam, têm pensamentos e tiram 'ilações' que nem sequer correspondem à realidade... Eu pedalo um dia no fim de semana e é quando dá. Eu corro uma vez por semana e é quando dá. Eu vou ao ginásio quando posso. Mas do resto ninguém sabe, ou quer saber, que é o facto de passar os fins-de-semana agarrada aos tachos e à roupa e às lides domésticas, precisamente para ter tudo arranjado e organizado a tempo e horas para poder ir pedalar ou correr enquanto a maior parte das pessoas está alapada no sofá... Também ninguém quer saber se passo o sábado em correrias maternais, desde ir e vir de diversas atividades como ainda ajudar e apoiar nos trabalhos de casa, fora o resto.
Portanto, eu trabalho os dias inteiros, durante a semana toda, o que dá mais de 40 horas/semana, passo os dias a correr dum lado para o outro, largo o trabalho à sexta-feira mas depois 'pego' noutro trabalho ao fim-de-semana que é o de ser uma mãe mais presente, sou cozinheira, sou dona de casa, lavo, estendo, apanho e passo a ferro, preparo lanches e almoços, dou vivas numa atividade, ouço e contemplo o filhote noutra atividade, vou, fico, fui, cheguei, e portanto, tenho mais que fazer do que me "sujeitar" a que pensem que eu não faço mais nada a não ser pedalar e correr, como se fosse uma qualquer dondoca cheia de ajudas e sem mais nada para fazer na vida a não ser o exercício físico...
São opções de vida! Há quem prefira alapar-se no sofá, eu prefiro alapar o meu rabo no selim da bicicleta ou a movimentar-se enquanto corro.
Algures, pára com isso e deixa de partilhar fotos da treta na treta do Facebook!

2 comentários:

celine disse...

Eu odeio o facebook, só lá ando pelas páginas que sigo e gosto de ver...de resto acho que aquilo é só para exibicionismo...
Prefiro o instagramm tb !
Bjs

Sol disse...

Tu pões aquilo que gostas e não o que os outros querem ver. Se não estiverem bem podem sempre ir cuscar outra página :)
(Já te disse que não gosto do facebook? :))