segunda-feira, 13 de abril de 2015

Sexta, Sábado e Domingo...

Este foi um fim de semana diferente, não nas correrias, que essas continuaram, mas na habitual pedalada matinal ao domingo...
Bom, mas comecemos por sexta-feira em que cheguei a casa, ao final da tarde, e fui dar uma volta de bicicleta. Estava muito vento mas, ainda assim, fui e pedalei cerca de 22 kms o que não é muito mas é melhor do que nada e deu para 'matar um pouco o bichinho'...
No sábado, bom, no sábado foi dia de correrias, de atividades, de compras, de gelados, de fazer sobremesas, de andar dum lado para o outro até que ao fim do dia, quase a deitar fumo pelos ouvidos, saí para uma pequena volta desenfreada na bicicleta. Foi a volta possível, por caminhos que já quase faço de olhos fechados mas... melhor do que nada... Foram 38 kms a pedalar depressa, com um café rápido pelo meio.
E isto tudo porque sabia que no domingo não seria possível pedalar. Pensei que me ia custar mais mas afinal o motivo pelo qual não foi possível pedalar, superou qualquer angústia que pudesse ter surgido pela falta da bicicleta... Troquei os sapatos de encaixe por outros mais... 'finos'... Em vez de calções e do 'jersey', vesti um vestido, arranjei-me, coloquei pulseiras, coisas que também não fazia há muito tempo tais como emocionar-me, rir-me muito, beber um bocadinho (só um bocadinho...) de cerveja, comer tanto que às tantas não consegui mesmo comer mais e isto para mim quer mesmo dizer que estava cheia porque eu... gosto de comer... :D 
E, por fim, dançar... Dancei como não dançava há anos e só tinha vontade de rir, o que só por si já é bom... Até me lembrei da possibilidade hipotética de ir experimentar aulas de... Zumba...
Filhote e marido também estavam a divertir-se mesmo muito pelo que foi um dia em cheio, super animado e preenchido...
Às vezes é bom, sabe bem e é preciso quebrar a rotina... Não tive a bicicleta como costumo ter mas tive outras coisas que me fizeram recordar que sou gente e que, por vezes, me isolo dos outros e nem sei bem porquê...
Foi uma miscelânea de pensamentos, tantos que até pensei que apesar de muitas coisas (ainda) estarem a correr mal, que tenho que dar a volta por cima, inspirar e ter esperança de que melhores dias virão, que eu mereço seguir em frente e que tenho a vida pela frente, que tudo depende da perspetiva com que a encaro e agarro...

2 comentários:

Gaja Maria disse...

Sabe tão bem fugir da rotina :)

Sol disse...

Eu adoro dançar e há já bastante tempo que não o faço. De quando em vez sabe bem fazer algo diferente, dá outro ar à nossa vida. Aproveita o lanço e continua assim alegre e feliz! Beijinhos