quarta-feira, 3 de junho de 2015

Ontem estava vento e...

E sinceramente não me apeteceu pegar na bicicleta e ir a levar com o vento.
Para já, também não me apeteceu equipar, estava num daqueles dias em que achava que dava trabalho mudar de roupa e vestir a indumentária ciclística. Sim, é que eu sou uma pessoa friorenta e como pelo Oeste tem estado este vento frio e fresco, fico ainda com mais frio... E isto leva-me a vestir várias roupas para ir pedalar e pronto, ontem enjoei a trabalheira do veste e despe. E do que é que me lembrei...? De ir correr... Não o fazia desde meados de abril, portanto, há coisa de mês e meio...
Assim que a cadela me viu vestir tão simplesmente a blusa, as calças e os ténis, desatou num frenesim canino e vai daí que mesmo que não tivesse pensado em a levar comigo, só de a ver naquele reboliço senti-me na obrigação de a levar...
Peguei no telemóvel com a música e saímos de casa, já a correr. Apesar de não o fazer há mês e meio, não estava a custar assim tanto como imaginei. E lá fomos...
Contudo, ao fim de 4 Km a minha querida amiga canina acusou sinais de cansaço, eu corria, puxava-a pela trela, e ela fazia força e não andava ao meu ritmo. Sim, podia ter tirado a trela, também prefiro ir com ela sem trela, mas passam pessoas e eu não gosto que ela vá atrás das pessoas ou de algum coelho que se nos atravesse à frente...
Comecei a intercalar a corrida com um passo acelerado a caminhar mas era notório que a minha princesa canina estava de rastos...
Como me afastei mais de casa, não a pude ir levar e depois continuar a corrida ao meu ritmo... Pensei também que não abandonaria a minha amiga... E continuámos... Mais a custo para ela do que para mim e quando chegámos aos 7 Km numa hora, tínhamos chegado a casa...
Foi bom, soube bem ir ali a apreciar as paisagens, apenas com uma blusa, umas calças de 'running' e os ténis, mais o telemóvel com músicas e o Strava ligado... Pensei por que raios há-de ser tudo num ritmo acelerado, pedalar a correr, correr a correr, tudo em stress...
Soube-me bem não ter o trabalho de pôr o bidon na bicicleta, não ter que colocar o capacete e os óculos, mais as luvas, vestir uma blusa de manga comprida por baixo do jersey porque tenho frio com o vento, os calções, os sapatos de encaixe, e ainda ter que pedalar contra o vento.
É verdade, corri contra o vento mas era só eu e a minha princesa canina. Não me senti a 'tombar' ou a forçar o corpo por causa do vento como acontece na bicicleta...

Corrida 15/100

4 comentários:

João L. disse...

Cara Algures,

se me permite uma sugestão, e sem qualquer arrogância da minha parte (apenas gosto de partilhar ideias sobre pedaladas), o problema do vento resolve-se eficazmente com um corta-vento. Há alguns casacos corta-vento mas são muito caros. Na minha opinião a melhor opção para os dias frescos da Primavera e Outono é um colete corta-vento e manguitos (ambos, o colete e os manguitos, são fáceis de arrumar no bolso traseiro da jersey quando não são precisos - por exemplo depois de uma descida ou após o fresco da manhã, quando o Sol abre).
Se ainda não experimentou vai verificar que parece "milagre"; como é que um colete que parece um farrapo é tão eficaz a manter o conforto?
No entanto, é necessário escolher um colete razoável (não aconselho a compra na Decatlon ou loja parecida). Por regra o material corta-vento é pouco respirável. Há que escolher um colete com um bom compromisso entre a resistência ao vento e a respirabilidade. De outro modo, o desconforto devido ao suor anula o conforto da resistência ao vento.

Duas marcas que, em minha opinião, têm uma relação preço qualidade excelente são a Pearl Izumi e a Louis Garneau. Há outras muito mais caras e outras mais baratas. Apesar de tudo, estas que indiquei, não são nenhuma bagatela. Mas, quando usar o colete vai ficar grata por cada euro de usou na compra. Encontra facilmente na net. Por exemplo na Amazon.UK (na amazon US paga alfândega), na Evan´s cycle, na Sportpursuit etc. Todas estas lojas são sérias e muito eficazes no "delivery". Caso não seja o tamanho ou não goste basta devolver que eles reembolsam. Tenho essa experiência. Nestes sites pode também ver as "reviews" feitas por outros compradores. Comprar na net em sites sérios leva, de facto, a poupanças extraordinárias. Por vezes fazem saldos de 70%.

Numa busca rápida encontrei o seguinte colete corta-vento (apenas um exemplo):

http://www.amazon.co.uk/Pearl-Izumi-Barrier-Cycling-Windbreaker/dp/B0091KBA6S/ref=sr_1_fkmr1_1?s=sports&ie=UTF8&qid=1433331062&sr=1-1-fkmr1&keywords=windstopper+gilet+pearl+izumi


João L.



Sol disse...

Vês? Se não levasses a cadela atingias a tua meta! Já podes começar a pensar mais à frente! Bjiho

Algures no Oeste disse...

JOÃO L.: Obrigada, bem vindo :-)
Agradeço as suas sugestões pois tenho um corta vento mas é de caminhada e que se torna muito quente. As minhas compras de roupa de ciclismo on line tem sido através da Retto mas nunca me tinha apercebido que na Amazon também se encontravam equipamentos.
Até breve.

SOL: pois é, tenho que tentar novamente e ir sozinha para ver o que consigo correr :D

Gaja Maria disse...

Multifacetada é o que tu és :) pedalar, correr ou ginásio, há que variar :)