sexta-feira, 3 de julho de 2015

Assim de repente

Assim de repente não me ocorre nada para dizer a não ser que não me sai do pensamento que de hoje a duas semanas farei... cof, cof... 41... 41 anos... Mas como é que isto é possível...? Não me sinto nada com 41 anos, seja lá o que isso for, ou mesmo 40, pronto, com "entas", caramba!!!
Acho tão estranho o tempo a passar assim tão depressa e a esvair-se entre os dedos, o corpo e a alma... 
Sinto-me com tanta ou mais energia de quando tinha 20 anos e não fazia desporto nenhum. Comia tudo e mais alguma coisa (e isto inclui 'croissants' e rissóis e croquetes...) e não engordava...
Quer dizer, fazia potentes aulas de Aeróbica e Step numa espécie de arrecadação de um centro manhoso de explicações, perto de casa mas para onde tinha que me deslocar, primeiro de camioneta, pois tinha 17 anos e, entretanto, já de carro...
Bem, vem aí o fim de semana... Desta vez, com muita bicicleta, ou pelo menos, assim o espero...
:D

1 comentário:

Gaja Maria disse...

O tempo passa a correr por isso temos de o aproveitar. Se não o fazemos ele passa por nós sem darmos por ele. Bjs e boas pedaladas