terça-feira, 4 de agosto de 2015

Que ventania...

Ontem saí do trabalho e fui dar uma volta de bicicleta, contra o vento e contra as minhas neuras. Pedalei depressa e talvez por isso, e apesar da ventania que estava, o suor caía-me pela cara abaixo...
Tinha planeado uma volta maior mas afinal teve que ser mais pequena porque saí de casa mais tarde do que tinha previsto, depois de um dia de trabalho... Foi apenas uma hora mas soube pela vida levar com aquele vento na mona e, também, parar a meio e comer algumas amoras que começam agora a aparecer nos arbustos à beira dos sítios por onde passo com a bicicleta...
Quem me dera ter estas ganas e esta força nas provas de BTT... Chego lá e parece que bloqueio e pedalo muito mais devagar do que é costume fazê-lo...
Noto que a minha média de velocidade tem aumentado a pouco e pouco... Depois de alguns anos a pedalar e com a pausa do acidente de bicicleta pelo meio, parece que estou agora, finalmente, a recuperar e a ganhar o ritmo que tinha...
Seja como for, a bicicleta não me sai da cabeça, só penso em articular e gerir horários por forma a poder dar voltas de bicicleta.
Angustia-me pensar que, eventualmente, nas férias não vou poder pedalar, ainda que saiba que também devia fazer uma pausa e desligar-me de tudo e de quase tod@s...
Enfim... Difícil gestão esta a de pedalar, trabalhar o dia todo, ser mãe, e ter uma vida doméstica...
:|



Sem comentários: