quinta-feira, 8 de outubro de 2015

E para quando...?

Estou à espera...
Há coisas que parece que nos transcendem... Coisas muito nossas, quase sem explicação...
Só sei que, de dia para dia, me sinto cansada, e não é de me exercitar que, para isso, tenho sempre (ou quase sempre...) energia... É de coisas da... vida...
Às vezes penso em tudo o que tem acontecido, e fico quase de... rastos... sem ânimo... a precisar de um sinal que me indique que as coisas vão melhorar...
E não, não estamos doentes nem desempregados e bem sei que há problemas bem piores mas... estes são os meus, os nossos... e, como tal, são importantes para mim, nós...


3 comentários:

Uva Passa disse...

Também pode ser aquela altura do mês. Tu vê lá isso :)

Carla Santos Alves disse...

Beijinho doce querida.

Gaja Maria disse...

Ora, a vida sem contratempos era uma monotonia. Pensamento positivo. Bjs