sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Nossa, que correria...

Ontem marido vinha mais tarde do trabalho e era dia de atividade de filhote.
Assim sendo, saí disparada do trabalho e rumei à Escola para apanhar filhote que, "só por acaso", vinha todo sujo e mascarrado. Eram as calças, a t-shirt e as mãos... Eu não queria crer no que estava a ver e tudo isto porque tinha estado a brincar com... pneus...
Ok...
Corremos para casa, filhote trocou de roupa, eu arrumei malas e sacos. A mochila ficou "a jeito" porque os TPC's eram mais que muitos mas só poderiam ser feitos depois do jantar.
Pus a mesa para o jantar.
Fiquei ali num impasse.
Hum... 
Levo filhote à atividade e venho para casa fazer "coisas" ou pura e simplesmente estatelar-me no sofá que é coisa que não sei o que é há bués...
Mudo de roupa e vou correr, como já aconteceu noutras vezes...
Hum...
Mas apetecia-me mesmo era... pedalar... mas vai ficar tarde, e escuro...
Bom...
Vesti a roupa de ciclismo, com ténis porque ainda tinha que conduzir para levar filhote.
Tirei a bicicleta do sotão, pus-lhe o bidon com água.
Fui levar filhote a sua atividade que costuma ser mais que pontual mas, "por sorte", ontem atrasou o início nuns dez minutos... E eu só pensava que ia escurecer e que lá se ia a pedalada. Que ia para casa com o rabinho entre as pernas e voltava a vestir a roupa normal...
Regressei a casa e qual quê... Pus o capacete e as luvas, calcei os sapatos de encaixe, liguei a aplicação e aí fui eu...
O Sol desapareceu rapidamente e por isso sabia que ia ser uma volta mais que curta... Acelerei o que pude mas para não pedalar sozinha no escuro, e ainda que o fim de tarde estivesse ameno, pedalei tão somente durante 50 minutos... Ainda assim transpirei bastante pela aceleração que fiz...
No regresso liguei as luzes e parei para tirar uma foto com o meu verniz novo, é giro, não é...? E acho que estes contrastes têm graça... O verniz outonal no meio da indumentária e da bicicleta, quase agressivos...
A verdade é que preferi ir pedalar do que correr ou ir ao ginásio... E tudo isto no tempo da atividade de filhote, mesmo sabendo que o pai o iria buscar "no fim"...
O tempo estava agradável e se tivesse companhia poderia certamente pedalar mais... Agora sozinha, não me sinto muito confortável no escuro...



1 comentário:

Uva Passa disse...

Não consigo pedalar à noite. Chego estafada e tenho medo do escuro.