terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Não era para ir mas fui...

Bem, para (não) variar trago comigo o saco do ginásio no porta bagagens do carro. 
Hoje achei que iria ao ginásio à hora de almoço mas a meio da manhã com tanta azáfama no trabalho e com as dúvidas que começaram a pairar sobre o facto de, ultimamente, não haver quase ninguém no ginásio à hora de almoço, começaram a fazer com que duvidasse da minha ida...
Mas assim de repente pensei que tinha que contrariar estes pensamentos, que se não fosse ninguém, que treinava sozinha, que tenho quilos alojados nas coxas e no rabo que tenho que combater ferozmente, que como eram engraçados "os velhos tempos" em que fazia Cycling à hora de almoço e então, vai daí, que lá fui...
Ora e ainda bem que fui pois que havia gente, pessoas, e assim houve a aula que eu até já ia a contar correr na passadeira e fazer uns abdominais e tal lá para um canto sozinha.
E pronto, e foi bom porque nesta hora há pouca gente nos balneários e escuso de chegar tarde a casa. E é de dia. E como menos ao almoço. E blá, blá, blá...
E vai daí que como soube bem, a ver se repito isto da hora de almoço, ainda que ande a correr desenfreadamente entre o ginásio e o trabalho...
E pronto, o resultado foi o que se vê no lindo gráfico que deixo...


1 comentário:

Gaja Maria disse...

Parece que a vontade voltou. Ainda bem :))